De lá para cá, são vinte anos de Internet já

Lá, para ler, aprender, criar dava um trabalhão. Tinha que se investir. Tempo, concentração, disciplina, curiosidade, coragem, dinheiro também.

Cá, está tudo (ou muito) à mão. Ler, aprender, criar dá tanto trabalho quanto conectar-se.

Lá, todo o conteúdo era “pull”.

Cá, é “push” e, quando muito, “um search” precoce.

Lá, tinha que povoar a memória e interconectar tudo com tudo. A dificuldade era fator de êxito e realização.

Cá, a memória e as conexões são dadas. A facilidade é tanta que dá até preguiça.

Gian Gastone Di Medici foi o último herdeiro dos grandes estadistas, homens de fé e mecenas Duques da Toscana. No final da sua existência, ele não saia mais da cama onde comia muito e a todos. A vida era um push de facilidades. Sem pull, depravou-se. A facilidade abilola.

Claro que voltar para lá não é uma solução, muito menos uma opção.

Mas o grande desafio do século não é mais prover conforto e facilidade, é reinventar o ensino, reinventar o método. E, por método, subentenda-se aqui reintroduzir dificuldades excitantes no aprendizado e na formação das pessoas, transformar o ensino em  programas de “reality” onde a maior das provas é desplugar.

4 thoughts on “De lá para cá, são vinte anos de Internet já

  1. Quanto mais a “geração Y” (argh!) se pluga (na Internet), mais ela se desconecta (da realidade). As neurociências estão provando que navegar à deriva compulsivamente, de forma “multitarefa” – que tantos elogiam tanto – dificulta o cultivo da memória e o aprofundamento do aprendizado. Ou seja, superficializa o conhecimento. A sem-gracice da publicidade atual é apenas um dos sintomas, graves, dessa assombração digital. Então, se não queremos que características essenciais ao ser humano sejam totalmente substituídas pelo Google e seus afins, carcomendo o ambiente que resultou em toda a história artística e científica da humanidade, combatamos a binarização dos cérebros, a esterilização internética dos talentos.

Leave a Reply to Pedro Daltro Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Connect with Facebook